Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Assembleia 03/06/2011 | 17:41

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Assembleia discute pauta de reunião com a Embraer

Trabalhadores reafirmaram reivindicação pela redução da jornada, sem redução salarial e sem banco de horas

Os trabalhadores do 2º turno da Embraer Faria Lima, em assembleia, nesta sexta, votaram a pauta de reivindicações a ser discutida com a empresa na próxima segunda-feira, dia 6. Os trabalhadores querem a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salários e sem banco de horas.



O Sindicato e a Embraer reúnem-se, na segunda, às 14h, para discutir sobre a situação dos trabalhadores e a redução da jornada de trabalho. O pedido de reunião partiu do Sindicato, que desde 2009 alerta sobre a necessidade urgente de a Embraer adotar a jornada de, no máximo, 40 horas semanais como forma de garantir os atuais postos de trabalho, gerar mais contratações e melhorar a qualidade de vida dos trabalhadores.

O encontro acontece um mês após o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, ter afirmado que iria entrar em contato com a Embraer para pressioná-la a abrir negociação com o Sindicato. A reunião será com o vice-presidente executivo de Operações da empresa, Artur Coutinho.

Em janeiro deste ano, o Sindicato também levou o assunto para o ministro do Trabalho, Carlos Lupi. Ele afirmou, na ocasião, que a Embraer tem todas as condições de negociar sobre redução da jornada. Até mesmo uma carta para a presidente Dilma Rousseff foi enviada, pelo Sindicato, com o objetivo de discutir sobre o assunto.

Há mais de dois anos, o Sindicato vem pedindo abertura de negociação com a Embraer para discussão da redução da jornada. Entretanto, a empresa sempre mostrou resistência, recusando-se até mesmo a dialogar com o Sindicato.

A Embraer é hoje a empresa do setor com a maior jornada no mundo no setor, com 43,5 horas semanais. Na Airbus, por exemplo, a jornada é de 35 horas. Na Boeing-MacDonnel e na Bombardier, são 40 horas semanais.

"Esta é uma antiga reivindicação dos trabalhadores e que tem de ser atendida com a máxima urgência. Explicamos aos trabalhadores que a discussão na reunião será em torno da redução de jornada de trabalho para 40h semanais, de segunda a sexta-feira, sem redução de salário e sem qualquer tipo de redução ou flexibilização de direitos”, afirma o vice- presidente do Sindicato, Herbert Claros.

“Essa reunião é um importante avanço. Esperamos que a Embraer ouça as reivindicações dos seus trabalhadores e negocie com o Sindicato, o legítimo representante da categoria, a redução da jornada na empresa”, disse Herbert.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®