Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Planos Collor e Verão 21/02/2013 | 12:47

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Ex-trabalhadores da GM aprovam acordo de 40% do FGTS

Assembleia reuniu cerca de 1.500 trabalhadores em frente ao Sindicato

O acordo aprovado por ex-trabalhadores da General Motors, nesta quinta-feira, dia 21, vai injetar na economia da região R$ 33,5 milhões. O montante refere-se ao pagamento da correção inflacionária sobre a multa de 40% do FGTS, nos planos Collor e Verão.

Mais de oito mil pessoas têm direito a receber o pagamento. São ex-funcionários da GM que trabalhavam na fábrica entre dezembro de 1988 e março de 1990 e foram demitidos até março de 2006. A listagem completa com os nomes dos beneficiados está disponível na sede do Sindicato (Rua Maurício Diamante, 65, Centro). O valor individual varia entre R$ 200 e R$ 22 mil.

CLIQUE AQUI PARA CONFERIR A LISTA DOS BENEFICIADOS PELO ACORDO (SEM OS VALORES).

Na próxima semana, o Sindicato dará entrada no pedido de homologação judiciária. Assim que o acordo for homologado, num prazo de aproximadamente 20 dias, o Sindicato iniciará o cadastramento dos beneficiados. Estima-se que o depósito na conta dos trabalhadores deve acontecer em torno de 50 dias.

Cerca de 1.500 pessoas participaram da assembleia de hoje, em frente à sede do Sindicato, e aprovaram o acordo por unanimidade.

“É com muito orgulho que recebemos companheiros que participaram, junto com o Sindicato, de tantas mobilizações em décadas passadas. Agora, estamos aqui para celebrar mais uma vitória, uma conquista que deveria ser de todos os trabalhadores brasileiros”, disse o secretário geral do Sindicato, Luiz Carlos Prates, o Mancha.

O Sindicato dos Metalúrgicos foi um dos poucos do país a entrar na Justiça para requerer a correção inflacionária dos 40% do FGTS. Trabalhadores da Embraer e da Eaton já receberam o valor. 
  


O processo

O pagamento das perdas é resultado de ações movidas pelo Sindicato contra a GM, que na época dos planos Verão (1989) e Collor (1990) não fez a correção inflacionária sobre a multa de 40% do FGTS.

Em 2001, o Governo Federal firmou um acordo com a Caixa Econômica Federal, que pagou aos trabalhadores o montante referente às perdas inflacionárias do FGTS. Entretanto, o acordo não abrangia a dívida das empresas referente à multa de 40% paga nas demissões. Por isso, o Sindicato entrou na Justiça cobrando a diferença a ser paga pelas empresas.

QUEM VAI RECEBER

Quem tem direito aos dois planos (Collor e Verão)

Os admitidos até 31 de dezembro de 1988 e demitidos após 15 de março de 1990.

Quem tem direito só ao Plano Verão
Os admitidos até 31 de dezembro de 1988 e demitidos antes de 14 de fevereiro de 1990.

Quem tem direito só ao Plano Collor
Os admitidos a partir de 1º de janeiro de 1989 e demitidos após 15 de março de 1990. 

Não têm direito a nenhum dos planos
Os admitidos a partir de 1º de janeiro de 1989 e demitidos antes de 14 de fevereiro de 1990.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®