Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

PLR 2011 30/05/2011 | 10:37

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Greve continua e trabalhador da Heatcraft decide ir ao TRT

Empresa entra com ação de dissídio coletivo em Campinas

Atualizada em 31 de maio de 2011, às 11h00:

Os metalúrgicos da Heatcraft mantêm a greve iniciada no último dia 25 de maio. Em assembleia nesta segunda-feira, os trabalhadores decidiram ir em caravana acompanhar a audiência de dissídio coletivo que acontecerá quarta-feira, dia 1º, no Tribunal Regional do Trabalho de Campinas.

A empresa entrou com pedido de dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho – 15ª. Região, em Campinas. A paralisação é uma forma de pressionar a empresa a pagar a PLR (Participação nos Lucros e Resultados)  reivindicada pelos trabalhadores.

Os trabalhadores reivindicam R$ 3.500, sendo R$ 2.500 de antecipação. A empresa insiste em antecipar apenas R$ 2 mil. Além disso, de acordo com a proposta patronal, a segunda parcela de R$ 1 mil seria atrelada a metas abusivas.

A direção da empresa se mantém irredutível e já entrou inclusive com pedidos de interdito proibitório para impedir a realização de assembléias na fábrica. A Justiça, entretanto, negou a liminar.

“A Heatcraft não quer negociar e está desrespeitando a categoria. Chegamos a um impasse que só será resolvido quando a empresa avançar nas negociações”, afirma o diretor do Sindicato Luciano Macedo César.

MWL

Os trabalhadores da MWL rejeitaram a proposta de PLR apresentada pela empresa na última rodada de negociação, ocorrida quinta-feira, dia 26.

A empresa propôs R$ 1.843, sendo R$ 1.290 em junho e o restante para fevereiro de 2012. A MWL, entretanto, quer atrelar a segunda parcela às metas de lucros. Caso a empresa não atinja os R$ 12 milhões previstos, não haverá pagamento.

A proposta foi rejeitada em assembleia, na última sexta-feira, dia 27. Os metalúrgicos reivindicam R$ 3 mil, sendo a segunda parcela para janeiro de 2012.

"O Sindicato vai encaminhar a rejeição dos trabalhadores para a empresa e retomar a negociação. Se não houver avanço, vamos começar um processo de mobilização", afirma o diretor do Sindicato Edmir da Silva.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®