Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Em defesa do emprego 15/01/2013 | 15:08

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Sindicato e GM voltam a se reunir nesta quarta-feira

Encontro acontece a dez dias do fim do acordo que suspendeu as demissões

O Sindicato  e a GM  realizam, nesta quarta-feira, dia 16, às 9h, uma nova reunião para discutir o futuro de 1.500 trabalhadores que correm o risco de ser demitidos, a partir de 26 de janeiro. Nos próximos dez dias, o Sindicato e trabalhadores correrão contra o tempo para tentar impedir as demissões.

O acordo, aprovado em agosto pelos metalúrgicos, prevê a negociação entre empresa e sindicato para que se tente uma alternativa à demissão de 1.840 trabalhadores. Desde então, mais de 300 funcionários já aderiram ao Plano de Demissão Voluntária (PDV) aberto pela montadora.

Apesar de todas as propostas já apresentadas pelo Sindicato durante as negociações, a GM continua com seu plano de demissões. Entre as propostas incluem-se:

- Continuidade da fabricação do Classic em São José dos Campos.
- Produção local de modelos que hoje são importados.
- Retomada da produção de caminhões.
- Que a GM invista no Brasil os lucros que obtém aqui.
- Novo acordo trabalhista que garanta empregos e investimentos.

A reunião de amanhã será na própria GM.

Audiência Pública
A Câmara de Vereadores de São José agendou, para o próximo dia 24, uma audiência pública para discutir sobre os empregos na GM. Serão convocados representantes do Sindicato e da montadora.

A audiência acontecerá um dia depois da última rodada de negociação, marcada para o dia 23. Até lá, o Sindicato ainda continuará com mobilizações e insistindo em agendar uma reunião com a presidente Dilma Rousseff para que o governo federal intervenha e impeça as demissões.

“Temos pouco tempo para conseguir reverter esse quadro. Por isso mesmo, vamos usar toda a força da categoria metalúrgica nessa luta em defesa do emprego. O Sindicato tem proposta e quer negociar. A verdade é que não há motivos para a GM demitir e os trabalhadores não podem pagar pela ganância da empresa”, afirma o presidente do Sindicato, Antonio Ferreira de Barros, o Macapá.

 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®