Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Montadoras 18/10/2012 | 13:34

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Governo sinaliza para prorrogar, de novo, a redução do IPI

É será a terceira vez este ano que as montadoras serão beneficiadas pela medida

O Governo Federal deve, mais uma vez, prorrogar a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para veículos. É a terceira vez este ano que as montadoras serão beneficiadas pela medida, mesmo diante das ameaças de demissões no setor.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, deve anunciar a decisão no final de outubro, mas segundo informações apuradas pela imprensa, a tendência é de que o benefício seja estendido até dezembro.

A princípio, o benefício fiscal, iniciado em 22 de maio, terminaria dia 30 de agosto e, depois, 31 de outubro. Somente neste período, o governo já deixou de arrecadar R$ 800 milhões em razão da renúncia fiscal.

Antes de tomar a decisão, Mantega deve se reunir com as montadoras. Vale lembrar que, desde o anúncio do plano de demissões em massa pela GM, nem Mantega nem Dilma receberam os trabalhadores para discutir o assunto. Esta semana, os metalúrgicos que estão em layoff foram a Brasília para mais uma tentativa de serem recebidos pelo Governo Federal.

“Já enviamos uma carta para a presidente Dilma Rousseff, com nossa pauta de reivindicações, mas até agora nenhuma medida foi tomada em favor dos trabalhadores. O que vemos são ações que favorecem exclusivamente às montadoras e isso nós não podemos aceitar”, afirma o presidente do Sindicato, Antonio Ferreira de Barros, o Macapá.

Na próxima quarta-feira, o Sindicato reúne-se com o secretário estadual do Emprego, Carlos Ortiz, em São Paulo.

“Este será um primeiro contato para tentarmos uma reunião com o governador Geraldo Alckmin. Assim como aconteceu em agosto, queremos voltar a cobrar o Governo do Estado para que pressione a GM a desistir das demissões e volte a investir em São José”, conclui Macapá.

Mais dinheiro para as empresas
Além de abrir mão do IPI, o Governo Federal também abriu as torneiras do Tesouro Nacional e injetou R$ 20 bilhões no BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico). Esse dinheiro será usado como empréstimo para as empresas e também será responsável pelo aumento da dívida do governo, que precisou emitir títulos públicos.

Ao todo, somente este ano o governo já repassou ao BNDES, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil, R$ 61,1 bilhões – o que representa cerca de 1,5% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®