Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Autoritarismo 09/10/2012 | 17:43

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Ao denunciar situação de risco, diretor do Sindicato é suspenso pela GM

Valmir Mariano foi punido por se preocupar com segurança do trabalhador

A General Motors volta a mostrar seu autoritarismo e descaso com a segurança do trabalhador. Na última semana, a montadora suspendeu por um dia o diretor do Sindicato, Valmir Mariano, por interromper uma operação que colocava em risco a segurança do trabalhador, no setor de tapeçaria da S-10.

A máquina responsável pela operação, conhecida como robô de cola, estava quebrada, o que obriga o operador a fazer o serviço manualmente. No ano passado, um operário sofreu um grave acidente ao realizar esta mesma operação. Ele caiu e foi prensado pelo para-brisa do veículo.

A CIPA já havia comunicado a empresa sobre o risco de acidente no local, mas ao invés de corrigir a operação, a GM prefere punir aqueles que se preocupam com a saúde e segurança dos metalúrgicos.

Demissões e ritmo acelerado aumentam risco de acidentes
As demissões e o ritmo acelerado de trabalho impostos pela empresa vêm provocando cada vez mais acidentes na linha de produção.

Apenas este ano, foram emitidas cerca de 400 CAT’s (Comunicação de Acidente de Trabalho) referentes a trabalhadores da GM.

O último acidente mais grave ocorreu em junho, quando o mecânico Luiz Ricardo fraturou a mão ao operar uma máquina que havia passado por alterações, na estamparia. Neste mesmo setor ocorreram duas mortes nos últimos dois anos.

Esse quadro tende a se agravar na medida em que aumentam as demissões e o ritmo da produção na fábrica. Desde junho, já são 590 demissões por meio de PDV, e a intenção da montadora é continuar com os cortes.

“Os números comprovam que a GM está mais preocupada com o lucro do que com a vida do trabalhador, uma atitude que deve ser repudiada e combatida por todos”, declarou o vice-presidente da CIPA, Anderson Ferreira do Prado.
 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®