Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Contra as demissões 28/09/2012 | 15:41

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Metalúrgico da GM faz passeata para defender empregos

Trabalhadores foram até a Prefeitura para cobrar medidas que impeçam as demissões

Os metalúrgicos de General Motors que estão em layoff realizaram uma passeata pelas ruas do centro de São José nesta sexta-feira, dia 28. O ato contou com a participação de cerca de 200 trabalhadores e foi mais uma iniciativa da Campanha SOS Empregos na GM.

Após uma assembleia, realizada na sede do Sindicato, os operários saíram em caminhada pelas ruas do Centro, carregando faixas, bandeiras e materiais pedindo o apoio da população na luta contra as demissões. Cada posto de trabalho fechado na fábrica deve levar a outras sete demissões na região, segundo levantamento realizado pelo Dieese.

Os manifestantes passaram pela Praça Afonso Pena e, depois, foram ao Paço Municipal. A ideia era, mais uma vez, cobrar do prefeito Eduardo Cury (PSDB) uma posição diante dos planos da montadora de colocar 1.840 trabalhadores na rua. Demonstando como os tucanos enxergam a luta em defesa dos empregos, quando os manifestantes chegaram à frente do Paço, os guardas municipais fecharam os portões, impedindo o acesso à sede da Prefeitura.

O dirigente sindical da UAW de Michigan (EUA), Dean Parm, esteve presente e manifestou seu apoio e comprometimento de levar a luta dos metalúrgicos da GM de São José aos Estados Unidos e a outros países.

Assembleias na fábrica
Pela manhã, foram realizadas assembleias nos bolsões da GM, onde cerca de 4 mil trabalhadores discutiram os próximos passos da Campanha em Defesa dos Empregos na planta.

Os metalúrgicos aprovaram um chamado aos candidatos a prefeito de São José dos Campos a assinarem uma carta compromisso em defesa do retorno dos trabalhadores em layoff, manutenção e ampliação da produção do Classic na planta local e novos investimentos na fábrica.

A próxima reunião de negociação entre Sindicato e montadora acontece na quinta-feira, dia 4, e uma nova assembleia com trabalhadores em layoff será realizada na sexta-feira da semana que vem.

“Os trabalhadores da GM já entenderam que terão de lutar muito para barrar os planos da montadora. Seguimos ampliando nossa campanha e exigindo que o governo Dilma edite uma medida provisória proibindo as demissões”, explica o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.
 

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®