Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Imprensa / Últimas Notícias

Em defesa do emprego 21/09/2012 | 16:14

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • RSS
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Diretor do Sindicato faz relato de encontro nos EUA

Sindicatos reforçam necessidade de acordo internacional contra demissões e exploração na GM

O secretário-geral do Sindicato, Luiz Carlos Prates, o Mancha, participou de uma reunião da rede de entidades sindicais dos trabalhadores da General Motors de várias partes do mundo. O encontro aconteceu esta semana, em Detroit, nos Estados Unidos, e teve a participação de representantes do UAW (EUA), Comitê Europeu da GM, entidades sindicais da GM na Coreia do Sul e Peugeot (França), além das entidades brasileiras CSP-Conlutas, CUT e Força Sindical.

Nos relatos apresentados, ficou clara a tendência do aumento da exploração dos trabalhadores pelas montadoras, em especial a GM. Na Europa, a retração do mercado de automóveis tem levado várias empresas a trabalharem com horários reduzidos e tentarem retirar direitos.

Mas os trabalhadores estão resistindo a esses ataques e vêm conquistando importantes avanços. Na Alemanha, por exemplo, conseguiram um acordo para manter a produção na planta de Bochum, que está sob ameaça, por pelo menos mais dois anos. Na Coreia, após um longo período de greve, os trabalhadores arrancaram aumento salarial e redução do trabalho noturno.

A situação dos trabalhadores brasileiros também foi relatada. Mancha apresentou tudo o que vem acontecendo na GM de São José dos Campos, os planos de demissão em massa da montadora e a luta dos trabalhadores em defesa do emprego. O Sindicato recebeu o apoio formal de grandes entidades, como o UAW (sindicato americano), que se dispôs a apresentar nossas reivindicações à GM nos Estados Unidos.
 
Diante da gravidade dos problemas em diferentes países, os participantes do encontro discutiram sobre a necessidade de se buscar um acordo internacional com a GM para evitar a competição entre os trabalhadores e garantir empregos em todas as unidades.

O diretor de manufatura internacional da GM, Tim Lee, afirmou que a empresa tem planos de investir US$ 18 bilhões, mas não detalhou sobre quando e onde isso ocorreria. Mancha aproveitou a oportunidade para encaminhar ao diretor uma nota questionando sobre as demissões, layoff e falta de investimentos no país. Tim Lee confirmou que não há previsão de investimentos e que tudo depende de negociações.

“A nossa participação nos ajudou muito a conhecer a realidade de trabalhadores de outros países, mas nos ajudou especialmente a levar para fora do Brasil a nossa realidade. Foi, sem dúvida, um importante passo na luta em defesa dos empregos e contra os ataques da GM”, disse Mancha.

Conteúdo Relacionado

Veja mais Notícias



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®