Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1039 | De 16 a 22 de Julho de 2013

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Por mudanças na política econômica de Dilma

Trabalhadores fazem dia histórico de paralisações

Trabalhadores de todo o país viveram um dia histórico em 11 de julho. As mais diversas categorias foram às ruas e pararam as máquinas no Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves.

Em nossa região, cerca de 22 mil metalúrgicos se mobilizaram para dizer que não estão satisfeitos com a política econômica do governo Dilma. Somados a outras categorias, que também participam desse dia de manifestação, foram pelo menos 30 mil trabalhadores.

Esta foi uma das maiores mobilizações da história dos metalúrgicos de São José dos Campos e região.

Além das paralisações, houve ocupação da Via Dutra em três pontos, em São José e Caçapava.

Os metalúrgicos da GM e de outras 18 fábricas entraram em greve de 24 horas. Em todas as plantas da montadora no país também houve mobilização.

Na Embraer, a produção foi atrasada em três horas. Na entrada do segundo turno, houve uma carreata entre as avenidas dos Astronautas e Faria Lima, que afetou a produção em uma hora.

Por mudança na política econômica do governo
Com faixas, os trabalhadores de todas as fábricas exigiam do governo Dilma uma política econômica em favor dos trabalhadores, com medidas como a redução da jornada de trabalho, o fim do fator previdenciário, contrato coletivo nacional e o fim das terceirizações.

“O dia 11 de julho de 2013 já entrou para a história das lutas operárias do país, e os metalúrgicos da nossa região tiveram um papel muito importante. Depois das vitoriosas manifestações lideradas pela juventude, chegou a vez dos trabalhadores cobrarem a presidente Dilma e os demais governos. É hora dos governantes atenderem nossas reivindicações e tomarem medidas em favor da classe trabalhadora”, defende o presidente do Sindicato, Antonio Ferreira de Barros, o Macapá.


Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®