Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1036 | De 18 a 24 de Junho de 2013

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Investimentos

Em assembleia, metalúrgicos aprovam acordo para nova fábrica da GM

Os metalúrgicos da GM aprovaram, em assembleia, na quinta-feira, dia 13, a proposta de acordo que pode levar à implantação de uma nova fábrica em São José.

O acordo é válido exclusivamente para os funcionários da nova fábrica, a ser implantada, segundo os planos da companhia, em 2017.

A previsão é que sejam gerados 2.500 empregos na fábrica, além de outros 2.500 nas fornecedoras.

As negociações
A aprovação do acordo pelos trabalhadores acontece dois meses após o início das negociações, e depois de mais de um ano de luta em defesa do emprego.

“Foram dois meses de negociações duras, em que a GM insistia em retirar cada vez mais direitos. O Sindicato cumpriu seu papel e manteve uma postura séria em defesa dos trabalhadores”, explica o presidente do Sindicato, Antonio Ferreira de Barros, o Macapá.

Prioridade para São José
As negociações ocorreram por força do acordo fechado em janeiro com o Sindicato, em que a empresa teria de priorizar São José em caso de novos investimentos.

Agora, a GM deve uma resposta a São José dos Campos.

O acordo
O acordo inclui um piso salarial de R$ 1.700, reajustado pelo INPC a partir de setembro de 2014, e uma PLR de R$ 10 mil, reajustada entre 2015 e 2017.

A fábrica fica impedida de transferir os trabalhadores da grade nova às atuais unidades. Esta cláusula protege os trabalhadores com salários mais altos de serem substituídos por outros com salários inferiores.

“Aqui, a democracia operária fala mais alto. São os trabalhadores que decidem. Desde o ano passado estamos na luta em defesa do emprego e dos direitos, e essa luta vai continuar”, afirma Macapá.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®