Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 941 | De 02 a 15 de Março de 2011

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao.

Dia Internacional da Mulher

8 de março é dia de luta. Vamos às ruas!

Na próxima terça-feira, dia 8 de março, comemoramos o Dia Internacional de Luta da Mulher. Por isso, durante todo o mês estaremos nas ruas, nas escolas e nas fábricas, lutando contra o machismo e a exploração capitalista que atinge de forma mais cruel as mulheres trabalhadoras.

Como este ano a data cai no Carnaval, o bloco Acorda Peão terá uma ala especial, formada só por mulheres, que carregarão faixas e cartazes lembrando a data.

Depois, no dia 12, a CSP-Conlutas promove um grande ato em SãoPaulo, em frente à igreja da Consolação, a partir das 9h. O Sindicato participará e vai levar uma caravana de mulheres para a manifestação.

Os ônibus saem às 7h do Sindicato e quem quiser participar pode se inscrever pelo telefone 3946-5308.

Não basta ser mulher
Neste ano, pela primeira vez na história do Brasil, uma mulher ocupa a presidência do país. E, junto com ela, o maior número de ministras mulheres.

No entanto, a eleição de Dilma não revela nenhum avanço real para a luta das mulheres trabalhadoras. Afinal, a eleição da atual presidente foi marcada por um processo cheio de machismo e retrocesso. Para eleger Dilma, o PT abriu mão de uma bandeira histórica de luta das mulheres, a legalização do aborto.

Além disso, com a “Carta ao Povo de Deus”, Dilma alinhou-se aos setores religiosos e de extrema direita, atestando que não promoverá mudanças na legislação no que se refere ao aborto.

“Por isso, é preciso aproveitar a data para seguir lutando por nossas bandeiras históricas e deixar claro que este novo governo nada de novo representa para as mulheres trabalhadoras”, disse a diretora do Sindicato Rosangela Calzavara.

-Aumento de 62% para o salário mínimo, o mesmo dos deputados, rumo ao piso do Dieese;
- Licença-maternidade de seis meses para todas as trabalhadoras, rumo a um ano;
-Creches gratuitas e em período integral para todos os filhos da classe trabalhadora;
-Pelo fim da violência contra a mulher. Construção de casas abrigo. Aplicação e ampliação da Lei Maria da Penha! 
- Anticoncepcionais para não abortar. Aborto legal, seguro e gratuito, para não morrer!

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®