Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1016 | De 12 a 21 de Dezembro de 2012

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Retrospectiva 2012

Trabalhadores da GM mostram resistência a plano de demissões

O ano de 2012 foi muito duro para os trabalhadores da GM, que resistiram aos ataques e à intenção da montadora de realizar uma demissão em massa em São José dos Campos.

Na última semana, metalúrgicos em layoff (afastados da empresa até 26 de janeiro de 2013) fizeram uma passeata que saiu do Senai, onde fazem cursos de requalificação, e foi até a Prefeitura.

Esta foi apenas mais uma das iniciativas da Campanha em Defesa dos Empregos, que teve paralisações na fábrica, manifestações de rua, caravanas a Brasília, audiência pública no Senado, produção de milhares de informativos, adesivos e cartazes e fixação de outdoors em vários pontos da cidade.

Um dos protestos mais fortes aconteceu no dia 2 de agosto, quando os metalúrgicos bloquearam o tráfego na Via Dutra por mais de uma hora.

Após o protesto, a própria presidente Dilma, na abertura da Olímpiada em Londres, foi mais contundente e disse que o governo só concede redução de impostos às empresas, para que se garantam os empregos.

Agora, queremos que a presidente Dilma transforme essas palavras em ação concreta e proíba as demissões na GM.


Luta tem de continuar em 2013

A luta em defesa dos empregos na GM terá o seu desfecho somente em 2013.

No dia 26 de janeiro, termina o layoff, medida que suspendeu o contrato de trabalho de cerca de 900 metalúrgicos e que, junto à manutenção da produção do Classic, evitou 1.840 demissões em agosto.

O período deveria ser utilizado para se chegar a um acordo que impediria as demissões. Acontece que a GM continua determinada a demitir os trabalhadores, fechar o setor do MVA e ainda impor uma extensa pauta de redução de direitos.

“Nosso principal desafio ainda está por vir. Teremos um janeiro de muita mobilização. Precisamos convencer a sociedade que esta é uma luta de todos. O Sindicato tem propostas, está aberto a negociar e manter os empregos em nossa região”, disse o presidente do Sindicato, Antônio Ferreira de Barros, o Macapá.

 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®