Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 940 | De 16 a 28 de Fevereiro de 2011

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao.

Manifestação

Ato em Brasília, dia 24, em defesa do salário mínimo, aposentadoria e direitos

62% de aumento para deputados, 6% para o salário mínimo. Contra esse e outros absurdos, vamos protestar!

A CSP-Conlutas em conjunto com diversas entidades sindicais e do movimento popular, como o FST (Fórum Sindical dos Trabalhadores), Cobap e Intersindical, realiza um grande ato em Brasília, no próximo dia 24, a partir das 9h, no auditório Petrônio Portella, no Senado.

O nosso Sindicato participará da manifestação, juntamente com uma delegação da regional do Vale do Paraíba da CSP-Conlutas.

Em defesa dos direitos
O objetivo é protestar contra o reajuste irrisório do salário mínimo e manifestar nosso apoio em defesa dos servidores, dos serviços públicos, dos direitos previdenciários e da aposentadoria e exigir a correção da tabela do Imposto de Renda.

Recentemente, deputados e senadores decidiram reajustar os próprios salários em 62%. Em contrapartida, o salário mínimo deverá ser reajustado em apenas 6,87% caso seja fixado em R$ 545, que é o valor defendido pelo governo. Uma provocação! Por isso, é preciso exigir um aumento imediato de 62% também para o salário mínimo.

Se isso não bastasse, os investimentos na área social, a aposentadoria e os direitos estão sob ataque. Na semana passada, o governo Dilma confirmou um corte de R$ 50 bilhões no Orçamento. Cortes que, seguramente, devem afetar o financiamento das políticas sociais.

O Banco Central também aumentou a taxa básica de juros que, além de outros prejuízos que causa ao país, aumentará o volume de recursos públicos repassados aos banqueiros na forma de pagamento de juros da dívida pública.

“Vamos nos juntar nessa manifestação para reivindicar e defender os direitos e os interesses da classe trabalhadora”, disse o diretor do Sindicato e um dos coordenadores da CSP-Conlutas Vale do Paraíba, Adilson dos Santos, o Índio.

NOSSAS BANDEIRAS DE LUTA

  • Salário Mínimo valorizado com reajuste substancial!
  • Em defesa dos servidores e dos serviços públicos!
  • Em defesa dos direitos previdenciários e da aposentadoria!
  • Em defesa e ampliação dos direitos trabalhistas!
  • Correção da tabela do imposto de renda!
  • Solidariedade às vítimas das enchentes!
  • Contra despejos e remoções sem alternativa e por moradia digna!

     

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®