Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1010 | De 17 a 22 de Outubro de 2012

Expediente

 Expediente: Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva. Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Mobilização

Acordo estende layoff até janeiro e luta por empregos na GM continua

No último dia 11, em reunião com a General Motors, chegamos a uma proposta que estende, até 26 de janeiro de 2013, o acordo que suspende as demissões na montadora. A proposta foi aprovada pelos funcionários da fábrica em assembleia realizada na última segunda-feira, dia 15.

O acordo prevê a prorrogação do período de layoff (suspensão temporária do contrato de trabalho), que terminaria no dia 30 de novembro, e a continuidade da produção do Classic no MVA.

Os metalúrgicos em layoff terão direito a 13º salário, PLR e ao reajuste de 8,24% conquistado na Campanha Salarial deste ano. O PDV continuará aberto até 30 de outubro.

O Sindicato e a GM têm mantido negociações desde agosto, e durante todo esse período a empresa continuou com a decisão de demitir os 1.840 trabalhadores, flexibilizar direitos e transferir a produção do Classic para a Argentina.

“Em nenhum momento a GM garantiu a manutenção dos postos de trabalho, mesmo se forem retirados direitos”, explicou o presidente do Sindicato, Antonio Macapá.

“Conseguimos um fôlego. Temos até 25 de janeiro para avançar nas negociações. Até lá, manteremos uma agenda de mobilizações para pressionar governo e empresa a tomarem medidas que cancelem as demissões e que novos investimentos sejam feitos em São José”, afirmou.

Audiência no Senado debate demissões
Uma comissão de 120 trabalhadores e dirigentes sindicais esteve em Brasília nesta terça-feira, dia 16, para participar da audiência pública no Senado, que debateu as demissões na indústria automotiva.

Estiveram presentes representantes de diversas montadoras, entre elas a GM, do Ministério do Trabalho, além de senadores.

Na audiência, o presidente do Sindicato Antônio Macapá e o membro da Executiva Nacional da CSP-Conlutas Zé Maria denunciaram a ameaça de demissão na GM de São José e cobraram dos senadores medidas que impeçam os cortes.

Zé Maria afirmou que tem ocorrido “um leilão dos direitos dos trabalhadores” quando uma montadora se transfere para outra região do país, buscando produzir um carro mais barato e mais competitivo. Ele defendeu a criação de um Contrato Coletivo Nacional, para equiparar salários e direitos.

Mesmo recebendo incentivos fiscais do governo, a GM reafirmou que quer demitir trabalhadores.

A audiência no Senado foi resposta à uma solicitação da CSP-Conlutas e do Sindicato. Também queremos o mesmo debate na Assembleia Legislativa. Outra manifestação será no Salão do Automóvel, em São Paulo, entre os dias 24 de outubro e 4 de novembro.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®