Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1002 | De 28 de Agosto a 03 de Setembro de 2012

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editoral - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Manuela Moares, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

22 dias sem comer

Depois de recuo da GM colombiana, trabalhadores encerram greve de fome

 Os metalúrgicos demitidos da General Motors Colmotores, na Colômbia, anunciaram, na última sexta-feira, o fim da greve de fome que já durava 22 dias.

O protesto era realizado por 12 ex-trabalhadores da GM, demitidos mesmo após terem adquirido doenças ocupacionais na empresa. Entre o grupo, sete metalúrgicos chegaram a costurar os lábios.

O fim do jejum ocorre depois de um recuo da montadora, que tinha abandonado as negociações.

Nesta semana, a GM volta a se reunir com a Asotrecol (associação que representa o grupo e que exige a reintegração dos trabalhadores lesionados à empresa). A negociação terá ainda a participação de representantes do governo norte-americano, principal acionista da companhia.

Solidariedade internacional
A mudança de postura da GM acontece depois da grande repercussão que a greve de fome teve internacionalmente. Organizações dos Estados Unidos e de outros países declararam apoio aos colombianos.

O nosso Sindicato enviou uma representação à Colômbia, que se encontrou com os representantes da Asotrecol e manifestou solidariedade à mobilização contra os ataques da General Motors.

“Fomos à porta da GM em Bogotá para apoiar a luta dos companheiros. Certamente, a repercussão de toda a solidariedade internacional obrigou a companhia a repensar sua postura”, disse o diretor do Sindicato Renato Junio de Almeida, que esteve na Colômbia, junto com o vice-presidente da entidade, Herbert Claros da Silva.

Confira mais informações sobre a visita do Sindicato à Colombia em solidariedadecolombia.tumblr.com

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®