Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1000 | De 08 a 13 de Agosto de 2012

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues - Editoração Eletrônica e Ilustração: Bruno César Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 2068-8370

Corrupção

Após 7 anos, STF julga envolvidos no Mensalão

Há 7 anos, a população do Brasil ficava chocada com as denúncias de um esquema de corrupção e compra de votos no Congresso para beneficiar o governo federal, na época comandado pelo ex-presidente Lula.

Depois da série de escândalos do governo FHC (PSDB), entre eles o da “Privataria”, vinha à tona um engenhoso esquema do governo petista, que ficou conhecido como “Mensalão”.

No dia 2, o STF (Supremo Tribunal Federal) deu início ao julgamento dos 38 acusados de envolvimento no esquema.

No entanto, além da demora para o julgamento do caso, a expectativa de que os envolvidos sejam punidos é baixa, e o caso pode terminar em pizza.

Até mesmo a isenção do Supremo para julgar o caso é questionada. Dos onze ministros, oito foram indicados pelo ex-presidente Lula ou por sua sucessora, a presidente Dilma Rousseff.

Além disso, entre os ministros que julgarão o caso estão Antonio Dias Toffoli, ex-advogado de José Dirceu, um dos mentores do Mensalão e Gilmar Mendes, que aparece na lista de beneficiários do esquema de caixa 2 da campanha de Eduardo Azeredo, o chamado “Mensalão Mineiro”, que envolveu políticos do PSDB.

Lula disse que “não sabia”
Apesar do envolvimento de figuras como o então tesoureiro do PT, Delúbio Soares, o ministrochefe da Casa Civil, José Dirceu, e o presidente do PT José Genoíno, Lula afirmou, na época, que não sabia de nada e fez até um pronunciamento em que se dizia traído pelos “companheiros”.

Mas, após 7 anos, Lula é testemunha de defesa dos mensaleiros e afirma que não houve Mensalão.

É bom lembrar que o esquema corrupto foi responsável por comprar votos de parlamentares em favor da aprovação, em 2003, da reforma da Previdência, que atacou direitos históricos dos servidores públicos.

Por isso, é preciso exigir cadeia para todos os envolvidos e a devolução dos bens desviados.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®