Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 979 | De 08 a 13 de Fevereiro de 2012

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Demissões irregulares

GM tem de se explicar ao Ministério Público

O cerco contra a GM está se fechando. Na próxima segunda-feira, dia 13, acontecerá uma audiência de conciliação entre o Ministério Público do Trabalho (MPT), a montadora e o Sindicato.

Na pauta, estão as demissões irregulares de trabalhadores lesionados. Esta é a segunda audiência convocada pelo MPT para discutir as demissões. Na primeira, o Ministério reconheceu a estabilidade dos trabalhadores, portadores do B94, e determinou a reintegração. Como a montadora não atendeu à determinação do MPT, uma nova audiência foi marcada.

Hora de cobrança
A GM também tem reunião com o Sindicato nesta quinta, dia 9. A reunião foi marcada após a mobilização dos trabalhadores. Vamos cobrar a reintegração dos lesionados, buscar informações sobre os planos de investimentos da GM e exigir a antecipação do 13º salário.


Protesto na GM exige fim das demissões

Os metalúrgicos da GM atrasaram a produção semana passada em protesto contra as demissões que vêm ocorrendo na fábrica. No MVA, os trabalhadores pararam durante três horas, no dia 2. No S10, o atraso foi de uma hora.

Mesmo depois do fim do PDV, a GM continua demitindo. Por outro lado, a fábrica está contratando trabalhadores com salários menores. O objetivo da GM é atacar o Sindicato e a organização dos trabalhadores, ao mesmo tempo que achata os salários e aumentar seus lucros.

“O clima na fábrica é de insatisfação geral e os metalúrgicos estão mobilizados para barrar os ataques da empresa. Se os ataques continuarem, a luta vai aumentar”, afirma o presidente do Sindicato, Vivaldo Moreira.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®