Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 972 | De 14 a 23 de Dezembro de 2011

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça e Rodrigo Correia - Editoração Eletrônica e Ilustração: Bruno César Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 2068-8370

Lutas

Lutas agitam categoria e garantem vitórias

 A luta por Equiparação Salarial na GM e Bundy
A bandeira “Trabalho igual, salário igual” mobilizou os metalúrgicos esse ano. Na GM e na TI Bundy, os metalúrgicos foram à luta por equiparação salarial.

Na GM, a mobilização garantiu a efetivação de mais de 800 temporários e aumento do piso e teto salarial de companheiros de vários setores, como Manuseio, CKD e operadores de empilhadeiras.

Os metalúrgicos da TI, por sua vez, fizeram uma paralisação e garantiram a correção de distorções na fábrica. Auxiliares de produção passaram a ser operadores de produção e tiveram reajuste de 10%. A medida beneficiou 360 funcionários.

Vitória na luta contra o chumbo em Caçapava
Em junho, o prefeito Carlos Vilela (DEM) e os vereadores de Caçapava aprovaram uma lei que liberava a indústria poluidora do chumbo, que já provocou grande destruição na cidade. A principal beneficiada seria a Italspeed.

Fizemos protestos nas sessões de Câmara e atos públicos na cidade, distribuímos panfletos e DVDs, e conseguimos derrubar a lei”, relatou o diretor do Sindicato Edmir da Silva, que esteve à frente desta luta.

Mobilização garante reintegração de demitidos
O ano começou com a demissão de 170 trabalhadores na Avibras. O Sindicato deu início a uma forte campanha em defesa dos trabalhadores, para o Governo Federal adquirir o Programa Astros 2020 e pela estatização da empresa.

Como parte da campanha, produzimos a cartilha “A estatização como única saída para a Avibras”, fomos à Brasília cobrar o governo e realizamos várias assembleias. A empresa começou a recontratar. Queremos que o governo assuma de vez a Avibras, que precisa quitar suas dívidas com os trabalhadores e recontratar todos os demitidos.

Sindicato discute jornada na Embraer
Em 2011, ocorreram várias iniciativas na luta pela redução da jornada de trabalho na Embraer para 40 horas, sem redução de salário. O Sindicato fez reuniões com o governo federal, em Brasília, BNDES, Ministério do Trabalho, com a direção da Embraer e discutiu o assunto com os trabalhadores. Um outdoor também foi colocado próximo à empresa. A luta continua.

Lutas na Italspeed e Everel
Em janeiro, a Italspeed demitiu 178 funcionários e tentou dar calote nos trabalhadores. Atos e passeatas foram realizadas e pressionaram a empresa a garantir o pagamento dos direitos.

Em junho, a Everel fechou as portas e demitiu 120 funcionárias. Para impedir qualquer tentativa de calote, as trabalhadoras acamparam na fábrica durante cinco dias e garantiram um acordo.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®