Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 959 | De 16 a 22 de Agosto de 2011

Expediente

 Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Tudo para os patrões

Governo anuncia pacote bilionário de ajuda aos empresários

Após cortar R$ 50 bilhões do Orçamento, governo anuncia pacote de R$ 25 bilhões aos patrões

No último ano, o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro foi de 7,5%, o maior desde 1986. Este ano, a previsão é de que o PIB cresça mais 4%.

Longe de garantir melhorias reais aos trabalhadores, que seguem com salários rebaixados e cada vez mais endividados, este crescimento só serviu às empresas, que têm lucrado como nunca.

Ainda assim, para ajudar mais os patrões, o governo Dilma anunciou, no último dia 2, o “Plano Brasil Maior”, um pacote de medidas com incentivos à indústria, que somados vão custar aos cofres públicos R$ 25 bilhões até 2012.

Supostamente o plano visa a defesa da indústria e do emprego. Mas, o plano não inclui nenhum benefício aos trabalhadores, como redução da jornada, aumento de salário ou estabilidade no emprego.

Além de isenções fiscais e redução de impostos aos patrões, o governo anunciou a desoneração da contribuição das empresas sobre a folha de pagamento à Previdência.

Essa era uma das principais reivindicações dos patrões. Num primeiro momento serão beneficiados os setores de confecções, calçados, móveis e software, que deixarão de pagar 20% sobre os salários dos seus funcionários ao INSS.

Essa desoneração vai causar um rombo anual de R$ 1,6 bilhão na Previdência, valor que será pago com recursos do Tesouro, ou seja, dinheiro público. A medida vale até o final de 2012 e será analisada por um comitê tripartite (governo, sindicalistas e empresários), que pode estender a desoneração para outros setores, como quer o empresariado.


Governo financiando os lucros da indústria

O governo anunciou também um novo pacote de incentivo ao setor automotivo e a prorrogação da redução do IPI até 2016. Porém, essa redução irá direto para os cofres das montadoras e não será repassada ao consumidor. No início do ano, Dilma anunciou um corte de R$ 50 bilhões no Orçamento e agora destina R$ 25 bilhões para garantir os lucros dos patrões. Mais uma vez, fica claro a prioridade da política econômica do país, que está à serviço das grandes empresas e bancos.

 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®