Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1276 | De 12 a 19 de Agosto de 2019

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Laís Costa, Lucas Martins, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica e ilustração: Bruno Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind.

Empregos em risco

Crise na Boeing pode afetar investimentos na Embraer

A crise gerada na Boeing pela queda de dois aviões 737 Max coloca em dúvida a capacidade da gigante norte-americana em investir na Embraer.

No primeiro semestre, a Boeing teve um prejuízo recorde de quase 3 bilhões de dólares. Esta é a pior crise financeira da história da empresa.

O valor é um pouco inferior ao oferecido pela Boeing para comprar a Embraer: 4,2 bilhões de dólares.

Os acidentes com os aviões, ocorridos em outubro de 2018 e março deste ano, afetaram a reputação e as contas da norte-americana.

O 737 Max, que está sendo proibido em todo o mundo, responde por um terço da receita da Boeing.

Com o caixa comprometido, há grandes chances de a Boeing frear os investimentos no Brasil.

Se isso se concretizar, aumentarão os riscos de demissões e de paralisação de projetos da nova Embraer.

Não precisamos da Boeing
Durante o processo de venda, a direção da Embraer afirmava que a empresa não sobreviveria sem a ajuda da Boeing. Especialistas dizem o contrário: é a empresa brasileira que poderá ter papel crucial na recuperação da Boeing. Confirma-se portanto que a venda será um péssimo negócio para o Brasil.

"Desde o início, o Sindicato afirmou que a entrega da Embraer para a Boeing era um crime contra o país. Agora, podemos ter sérias consequências em relação aos investimentos e ao emprego. Do ponto de vista do trabalhador, o único caminho é a luta”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®