Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1272 | De 02 a 12 de Julho de 2019

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Rodrigo Correia. Redação: Eliane Mendonça, Laís Oliveira, Lucas Martins e Rodrigo Correia. Editoração eletrônica e ilustração: Bruno Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind.

Em defesa da aposentadoria

Metalúrgicos iniciam campanha para pressionar Eduardo Cury

Em luta contra a reforma da Previdência, os metalúrgicos vão exigir que o deputado federal Eduardo Cury (PSDB) vote contra a proposta que avança no Congresso Nacional.

Em nossa região, o político tucano é um dos principais apoiadores da medida que praticamente acaba com o direito à aposentadoria dos trabalhadores.

Por isso, os metalúrgicos decidiram iniciar uma campanha denunciando o posicionamento do parlamentar.

Na sexta (28), foram realizadas assembleias em sete fábricas (Elgin, Sobraer, Magnaghi Friuli e Usimoren, em São José, MWL, em Caçapava, e Latas e Ball, em Jacareí).

Em todas elas, os trabalhadores concordaram em botar pressão para que Cury mude de ideia e vote contra a reforma.

Outras categorias e entidades sindicais devem se unir aos metalúrgicos nessa iniciativa nas próximas semanas.

“Os metalúrgicos sabem que a mudança na lei da aposentadoria significa aumentar ainda mais a exploração e o tempo de trabalho. Por isso, nada mais legítimo que eles pressionem o deputado Cury contra a reforma”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida.


Centrais definem 12 de julho novo dia de luta contra reforma da Previdência


Ativistas da CSP-Conlutas em ato contra a reforma da Previdência, em São Paulo

Anote na agenda: 12 de julho será mais um dia para dizer não aos ataques do governo Bolsonaro ao direito à aposentadoria.

Em reunião, realizada na última sexta-feira (28), as centrais sindicais, incluindo a CSP-Conlutas, definiram a data como mais um passo na construção de uma nova Greve Geral.

Em todo o país, irão ocorrer panfletagens, manifestações de rua e assembleias com os trabalhadores.

Em Brasília (DF), irá ocorrer um grande ato nacional, convocado por estudantes e trabalhadores em educação, contra os cortes no setor e na Previdência.

Já no dia 13 de agosto será entregue o abaixo-assinado no Congresso Nacional. Em São José dos Campos, a coleta de assinaturas vai até a quinta-feira (4).

Em nossa região, foram mais de 20 mil assinaturas coletadas em quase dois meses.

“É preciso barrar a reforma da Previdência na íntegra e os próximos dias de mobilização serão muito importantes para os trabalhadores mostrarem sua força. O que está em jogo é o futuro de cada um. Por isso, apoie as mobilizações contra a mudança na lei da aposentadoria”, afirma o diretor do Sindicato Emerson de Lima, o Binho.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®