Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1267 | De 06 a 13 de Maio de 2019

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Laís Costa, Lucas Martins e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Bruno César Galvão. Ilustração: Bruno César Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind.

Dia de Luta do Trabalhador

Ato de 1º de Maio reúne milhares contra reforma da Previdência e convoca Greve Geral

Em ato histórico, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, os trabalhadores decidiram: 14 de junho será dia de Greve Geral para barrar a reforma da Previdência de Jair Bolsonaro (PSL).

A decisão tomada em assembleia simbólica por dezenas de milhares de trabalhadores, foi o ápice das comemorações do Dia de Luta do Trabalhador, na quarta-feira (1).

Esta foi a primeira vez que as dez centrais sindicais estiveram reunidas no 1º de Maio.

A mobilização foi encarada como um importante passo em defesa da aposentadoria. Agora, a palavra de ordem é construir a Greve Geral para que no dia 14 trabalhadores de todo o país cruzem os braços.

Sindicato esteve presente
A caravana organizada pelo Sindicato contou com metalúrgicos, aposentados da Admap, movimentos populares, professores, trabalhadores dos Correios, da Saúde e servidores municipais de Jacareí.

“A classe trabalhadora sai deste ato fortalecida. Só com a união das centrais e uma grande Greve Geral poderemos impedir que o governo acabe com o direito à aposentadoria”, afirma o presidente do Sindicato, Weller Gonçalves.

Luta por direitos marcou protestos no Brasil e no Mundo

Dezenas de mobilizações também ocorreram nas principais cidades do país. Estima-se que 1 milhão de pessoas saíram às ruas para protestar no 1º de Maio.

Foram realizados atos e manifestações nos estados de Alagoas, Amapá, Amazonas, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe.

Em Contagem (MG), houve homenagem aos trabalhadores vítimas da tragédia de Brumadinho.

Manifestações pelo mundo
Na França, mais de 300 mil protestaram contra a política de austeridade do presidente Emmanuel Macron. Aos menos 380 manifestantes foram presos e 38 ficaram feridos.

Em Istambul, na Turquia, onde as manifestações de 1º de Maio são proibidas, 137 pessoas foram presas ao protestar.

Em Turim, na Itália, e em Moscou, na Rússia, também ocorreram prisões de manifestantes.

Bolsonaro compra deputados por R$ 40 milhões

Numa tentativa de garantir a aprovação da reforma da Previdência, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) adotou a velha política do “toma lá, da cá” e ofereceu R$ 40 milhões em emendas para cada deputado que votar a favor da proposta.

Hoje, os parlamentares têm direito a R$ 15,4 milhões em emendas. A medida prevê pagar R$ 10 milhões a mais por ano até 2022 para cada deputado. O governo, entretanto, não disse de onde tiraria o dinheiro.

Parlamentares dos partidos DEM, PP, PSD, PR, PRB e Solidariedade confirmaram a “generosidade” do presidente em entrevista à Folha de São Paulo.

“Bolsonaro usa dinheiro público para comprar deputados que votarão contra os interesses da população. É muita cara de pau. Já passou a hora de irmos para as ruas e dar um basta nessa reforma da Previdência”, afirma o diretor do Sindicato Célio Dias.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®