Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1259 | De 11 a 18 de Fevereiro de 2019

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica e ilustração: Bruno César Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind.

Reestruturação

Em assembleia, trabalhadores aprovam proposta da GM

Os metalúrgicos da GM aprovaram em assembleia unificada, nesta quinta-feira (7), a proposta apresentada pela montadora como condição para a manutenção da fábrica em São José dos Campos.

A pauta inclui dez itens para flexibilização de direitos. São similares às cláusulas já aplicadas na fábrica de São Caetano.

No início das negociações com o Sindicato, a GM apresentou uma pauta com 28 pontos.

Mas depois de muita negociação e da mobilização dos trabalhadores, a empresa recuou e apresentou uma nova proposta com dez pontos.

A empresa desistiu, por exemplo, de aumentar a jornada para 44 horas e adotar a terceirização irrestrita.

Reestruturação
Mas a verdade é que não dá pra comemorar a retirada de direitos, mesmo que fosse apenas um.

A proposta da GM faz parte dos planos de reestruturação mundial da montadora, que tem o único propósito de aumentar os lucros.

O Sindicato sempre se manifestou contrário a esses planos, que representam desemprego, fechamento de fábricas e retirada de direitos.

A GM está longe de qualquer crise financeira. Esta semana, foi divulgado o lucro da empresa em 2018. Nada menos do que 8,1 bilhões de dólares (cerca de 30 bilhões de reais).

“O Sindicato é contra qualquer medida que penalize os trabalhadores com retirada de direitos, mas respeitamos a decisão da assembleia, que é soberana. Agora vamos nos manter firmes na cobrança para que a GM cumpra o compromisso de viabilizar a vinda de um novo projeto para a fábrica de São José dos Campos. Vamos lutar também pela manutenção dos postos de trabalho e garantia de estabilidade no emprego”, afirma o vice-presidente do Sindicato, Renato Almeida. 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®