Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1258 | De 29 de Janeiro a 04 de Fevereiro de 2019

Expediente

Expediente: Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Diego Plenamente. Ilustração: Bruno César Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind.

Reunião

Sindicato e Governo Federal vão discutir venda da Embraer

Representantes do Sindicato irão se reunir com o Governo Federal no gabinete da Presidência da República, nesta quarta-feira (30), para discutir os riscos representados pela venda da Embraer à Boeing.

A reunião é fruto do esforço realizado pelo Sindicato, que esteve em Brasília no dia 14, e protocolou o pedido de reunião.

A Embraer gera cerca de 30 mil empregos na região, entre trabalhadores diretos, indiretos e prestadores de serviço.

Menos dinheiro na cidade
A fábrica também é uma das maiores fontes de arrecadação de impostos na cidade, por isso sua venda pode significar um desastre para toda a população.

Com a transação, a Boeing terá o controle operacional da empresa. Nada impede que a norte-americana transfira os postos de trabalho do Brasil para os Estados Unidos.

“O Sindicato vai a Brasília exigir que Bolsonaro volte atrás em sua decisão de liberar a venda para a Boeing. É obrigação do governo preservar a soberania e os empregos”, afirma o diretor do Sindicato André Luis Gonçalves, o Alemão.


EM PROTESTO, TRABALHADORES COBRAM PRESERVAÇÃO DOS EMPREGOS

Metalúrgicos e trabalhadores de diversas categorias realizaram um protesto contra a venda da Embraer para a Boeing, no centro de São José dos Campos, na quarta-feira (23).

O protesto foi organizado pelo Sindicato e reuniu cerca de 120 pessoas. Os manifestantes percorreram as ruas do centro da cidade, enquanto explicavam para a população os diversos problemas que a venda da Embraer poderia gerar.

O protesto terminou em frente à Prefeitura, onde os manifestantes cobraram um posicionamento do prefeito Felicio Ramuth (PSDB) em defesa dos empregos na cidade.
 

ACORDO COM A BOEING ESTÁ SOB SUSPEITA
A venda da Embraer para a Boeing é alvo de mais uma ação judicial que questiona sua legalidade na Justiça.

Acionistas minoritários da empresa brasileira levantaram um questionamento sobre a relação entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o vice-presidente do Conselho de Administração da Embraer, Sérgio Eraldo de Salles Pinto.

Eles foram sócios no Grupo Bozano Simonsen, que por muito tempo foi o principal gestor e acionista da Embraer.

A proximidade entre os empresários indica que pode ter havido troca de informações privilegiadas durante a negociação de venda da Embraer.

Suspeita de fraude
Em ação civil pública, os sócios minoritários apontam suspeitas de fraude na venda.

O documento que autorizou a celebração do memorando de entendimentos para venda da Embraer apresenta data de um dia antes da reunião que discutiu o tema.

O governo deveria proteger os interesses do povo, mas o que se vê são jogos de bastidores criados para privilegiar o mercado financeiro. Governo e Embraer devem muitas explicações sobre isso”, afirma o diretor do Sindicato Herbert Claros.

 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®