Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1220 | De 31 de Janeiro a 06 de Fevereiro de 2018

Expediente

Expediente: Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Bruno César Galvão. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Unisind. Tel.: (11) 99907-9771

 

Absurdo

Temer vai à TV fazer terrorismo em favor da reforma da Previdência

Em busca de apoio para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (MDB) foi à TV defender a proposta que irá dificultar o acesso da população à aposentadoria.

Nas entrevistas a Amauri Jr. (Band), Sílvio Santos e Ratinho (ambos do SBT), o presidente mentiu e fez ameaças ao povo.

Temer quer convencer a população de que a Previdência Social está quebrada e que, sem a reforma, em breve o país não terá dinheiro para pagar os aposentados.

Pura balela. A CPI que analisou os recursos da pasta, em 2017, revelou que há dinheiro de sobra para arcar com as aposentadorias.

Ruim para o povo
Temer também mentiu ao afirmar que a reforma não afetará os pobres. A verdade é que, com a idade mínima de 65 anos para homens e 62 para as mulheres, os mais carentes serão os mais prejudicados.

Isso porque em muitas regiões, a expectativa de vida é inferior a 65 anos. Além disso, os mais pobres começam a dar duro desde cedo e em condições precárias. Assim, terão de trabalhar até morrer!

“Este governo não tem nenhuma moral e ainda vai à TV falar mentiras e ameaçar a população. A solução é uma só: Greve Geral”, afirma o diretor do Sindicato Valmir Mariano.



Reforma trabalhista faz primeiras vítimas
O Brasil encerrou o ano de 2017 com cerca de 20 mil postos de trabalho a menos.

Os dados divulgados pelo Ministério do Trabalho derrubam o argumento de que a reforma Trabalhista geraria emprego.

O que ocorre é o movimento contrário. Somente em dezembro, mês em que a reforma já estava em vigor, foram 328.539 demissões.
A verdade é que as empresas estão se aproveitando da nova lei para aumentar a exploração e precarizar as condições de trabalho.

 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®