Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1202 | De 11 a 18 de Julho de 2017

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Douglas Dias, Lucas Martins e Manuela Moraes. Editoração eletrônica: Bruno Galvão. Ilustração: Bruno César Galvão. Fotolito e Impressão: Unisind. Tel.: (11) 99907-9771

Quem manda é o trabalhador!

12º Congresso decide rumos da categoria nos dias 14, 15 e 16

Chegou a hora: nos dias 14, 15 e 16 acontece o 12º Congresso dos Metalúrgicos. O evento vai decidir as políticas, as lutas e a atuação do Sindicato no próximo período.

A abertura do Congresso acontece nesta sexta-feira (14), às 18h, na subsede da zona sul (Rua Monte Azul, 924, Chácaras Reunidas). Todos os delegados devem participar.

Essa atividade contará com a participação de Chris Pena, trabalhador da Ford e sindicalista em Chicago, nos Estados Unidos, e Joaninha Oliveira, da Executiva Nacional da CSP-Conlutas.

Logo após o evento, os delegados que representarão a categoria metalúrgica seguirão para Caraguatatuba. O Congresso prosseguirá na Colônia de Férias do Sindicato, nos dias 15 e 16.

Com um operativo realizado nas fábricas da região, 183 delegados foram eleitos. O número supera os 141 que participaram do 11º Congresso, em 2013.

Derrotar as reformas
O tema dessa edição é “Organizar para derrotar as reformas trabalhista e da Previdência”. A prioridade será discutir os impactos dos ataques de Temer e desse Congresso de corruptos sobre os direitos dos trabalhadores.

Nos últimos meses, as atividades preparatórias já discutiram os temas. Durante o evento, serão definidas as formas de organização dos trabalhadores e as medidas para derrotar as reformas.

O trabalhador decide
No Congresso, os delegados vão debater e propor resoluções para direcionar o Sindicato no próximo período.

Na plenária final, as propostas serão votadas pelos delegados.

“O Sindicato é a casa do metalúrgico e, portanto, deve seguir os rumos traçados pelo próprio trabalhador. Vamos organizar a categoria e impulsionar a luta pelos direitos para derrotar essas reformas”, afirma o diretor do Sindicato Alex da Silva Gomes, o Cabelo.


Orientações para delegados e observadores


- Todos os delegados (as) devem estar presentes na abertura do Congresso, na sexta, às 18h, na subsede da zona sul.
- Haverá transporte das subsedes de Caçapava e Jacareí e da sede no centro de São José dos Campos, com saída às 17h30, para a abertura na sexta-feira, que acontecerá na subsede das Chácaras Reunidas.
- Quem for para Caraguá na sexta à noite deve ir à abertura com a bagagem. Os ônibus sairão logo após o encerramento da atividade.
- Quem só puder ir no sábado, a saída dos ônibus do Sindicato, neste dia, será às 6h30. Evite atraso.
- Os delegados (as) devem levar lençol, cobertor, toalha de banho, além de objetos de uso pessoal.
- O credenciamento deve ser feito por todos os delegados (as) assim que chegarem à Colônia.
- As acomodações no Congresso serão coletivas, em camas individuais. Os familiares ficarão acomodados em outra colônia e terão várias atividades durante o dia. À noite, os delegados e familiares poderão interagir.

Confira a tabela para os demais participantes:
Dependentes de sócios que recebem:
- até R$ 2 mil: R$ 20 a diária
- de R$ 2 mil até R$ 4 mil: R$ 30 a diária
- mais de R$ 4 mil: R$ 40 a diária.

São dependentes: esposa (o) e filhos solteiros e menores de 18 anos. (Filhos até 12 anos não pagam)
Não dependentes pagarão o valor integral: R$ 80 a diária

As diárias deverão ser pagas até o credenciamento, em dinheiro ou cartão.


Machismo será tema de discussão e teatro

O machismo também estará em discussão no 12º Congresso. Além de debater propostas de combate à repressão contra a mulher nas fábricas, o Congresso também abrirá espaço para a peça de teatro “Roxo”.

Interpretada pela Grupo Mal-Amadas, a peça trata de temas como a opressão que as mulheres sofrem no dia a dia e a violência doméstica.

Encontro preparatório
Seguindo as resoluções do 11º Congresso, foi realizado um encontro de mulheres metalúrgicas, no sábado (8).

As participantes discutiram propostas que serão apresentadas durante o Congresso. São medidas para combater o machismo e garantir a representatividade feminina no Sindicato.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2017 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®