Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1198 | De 07 a 14 de Junho de 2017

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Rodrigo Correia. Redação: Douglas Dias, Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Diego Plenamente. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Unisind. Tel.: (11) 99907-9771

Mulher Metalúrgica


Reformar para pior
A reforma trabalhista proposta pelo governo Temer vai atingir em cheio as mulheres.

Atualmente, a lei diz que devem receber o mesmo salário aqueles que exercem a mesma função e cuja diferença de tempo de serviço não ultrapasse dois anos.

A reforma amplia esse tempo para quatro anos e exige mais dois na função para a equiparação. A proposta ainda inclui um item que libera a empresa de aplicar a equiparação a depender do Plano de Cargos e Salários.

As trabalhadoras sabem o quanto é difícil fazer as empresas cumprirem a lei e pagar salário igual para homens e mulheres. Com essa reforma, a situação só vai piorar.


Férias em três vezes
A possibilidade de parcelamento das férias em até três períodos, prevista na reforma, é outro ponto que deve afetar mais as trabalhadoras.

Parte das férias poderá ter apenas cinco dias. Imagine só a dificuldade de conciliar esse curto período com as férias escolares dos filhos. Não dá pra aceitar esse absurdo!


Risco para gestantes
Talvez a proposta mais perversa da reforma trabalhista seja a que permite que gestantes ou lactantes trabalhem em local insalubre, mediante autorização médica. A proposta é um risco para nossa saúde e a de nossos filhos.

A reforma também acaba com a lei que garante às mulheres com filhos de até seis meses o direito a duas pausas de 30 minutos para amamentação.

A proposta é que este intervalo possa ser negociado diretamente com o patrão. Vamos à luta contra essas armadilhas!
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Maurício Diamante, 65, Centro, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2017 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®