Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1186 | De 08 a 14 de Fevereiro de 2017

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Rodrigo Correia. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Bruno César Galvão. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Unisind. Tel.: (11) 99907-9771

Seminário da CSP-Conlutas

Especialistas listam ataques da reforma da Previdência de Temer

A reforma da Previdência proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB) representa um calote nos direitos dos trabalhadores e, se aprovada, vai aumentar o nível de exploração no País.

Esta foi a avaliação compartilhada por especialistas no assunto, no Seminário Nacional contra a Reforma da Previdência, organizado pela CSP-Conlutas.

O evento reuniu cerca de 600 pessoas, em São Paulo, no sábado (4).

Calote
Em suas falas, os debatedores denunciaram que, ao propor a idade mínima de 65 anos para homens e mulheres, o governo acaba com o direito à aposentadoria de grande parte da população.

Para a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, na prática, essa reforma representa um calote. “O governo receberá por anos a contribuição previdenciária do trabalhador e não devolverá esse dinheiro”, explicou.

Desastre para as mulheres
Já a pesquisadora do Ilaese Érika Andreassy denunciou que a reforma será ainda pior para as mulheres.

Devido à alta rotatividade a que estão sujeitas, será tarefa impossível acumular 49 anos de contribuição e conquistar a aposentadoria integral. Com isso, terão uma velhice ainda mais precária que a dos homens.

Barrar a reforma
No domingo (5), os delegados presentes na Coordenação Nacional da CSP-Conlutas votaram pela necessidade de chamar as direções das centrais sindicais a construir uma Greve Geral contra a reforma da Previdência e os outros ataques do governo Temer.





 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®