Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1168 | De 17 a 23 de Agosto de 2016

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Paulo Donizetti. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Unisind. Fone: (11) 99907-9771.

Mulher Metalúrgica


Falou besteira
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, errou feio na última semana ao afirmar em entrevista que os homens cuidam menos da saúde porque trabalham mais do que as mulheres.

A declaração pegou tão mal, que ele teve de pedir desculpas. Depois de tomar um puxão de orelha, o ministro teve de reconhecer que as mulheres, além de trabalharem fora, cuidam da casa e ainda arrumam tempo para cuidar da saúde.Isso é praticamente uma maratona, afinal encarar a fila do SUS não é fácil, ainda mais com criança doente. Vai estudar, mané!


Somos mais Marta!
A mulherada está arrasando na Olimpíada. Os Jogos do Rio têm o maior percentual de participação feminina na história (45%).

Chegar aqui foi um desafio. Além do machismo, elas tiveram que encarar a falta de incentivos para treinar e competir.

Com o fraco desempenho de Neymar e da seleção masculina de futebol, Marta vem ganhando o coração dos brasileiros. A disputa pelo bronze não diminuirá o brilho da seleção feminina. Mas você sabia que se os jogadores fossem pagos por gol, cada bola na rede da Marta valeria R$12 mil, enquanto as do Neymar valeriam
R$ 900 mil? É muita injustiça!


Fora daqui, Bolsonaro
Olha só o absurdo: a Câmara de São José dos Campos quer dar o título de cidadão joseense ao deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, ambos do PSC.

Quando Jair defendeu o estupro como punição às mulheres, Eduardo disse que só as “mal-intencionadas” poderiam pensar isso do deputado.

Depois das denúncias contra Marco Feliciano, o PSC está até o pescoço envolvido em casos de agressão às mulheres. Não podemos aceitar que a Câmara homenageie Bolsonaro!
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®