Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1168 | De 17 a 23 de Agosto de 2016

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Lucas Martins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Paulo Donizetti. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Unisind. Fone: (11) 99907-9771.

PDV

Embraer quer empurrar conta da corrupção para os trabalhadores

Os planos da Embraer para abrir um Programa de Demissão Voluntária (PDV) em todas as suas fábricas do Brasil têm de ser fortemente combatidos pelos trabalhadores.

A empresa informou apenas que sua meta é cortar 200 milhões de dólares (635 milhões de reais). Um absurdo!

O corte nos custos equivale ao valor reservado pela empresa para pagar uma possível multa por ter se envolvido num caso de corrupção.

Ora, a Embraer não pode jogar nas costas dos trabalhadores uma conta que não é deles.

Desnacionalização
E não é só a corrupção que coloca os empregos em risco. Como o Sindicato já alertou, a transferência de parte da produção da Embraer para o exterior está penalizando os trabalhadores.

O assunto foi inclusive objeto de uma manifestação, no Dia Nacional de Mobilizações, nesta terça-feira (16), em São Paulo.

“A corrupção e a desnacionalização não podem ser usadas para fechar postos de trabalho. Não vamos aceitar essa afronta”, afirma o diretor do Sindicato Éder Andrade.

As demissões
A Embraer afirmou que só a chefia não poderá participar do PDV. Ainda segundo a empresa, não haverá demissões enquanto o programa estiver em vigor. (de 22 de agosto a 14 de setembro) Os cortes de quem aderir acontecerão no dia 1º de outubro.


Entenda o caso de propina

- Em 2010, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos denunciou a Embraer por pagar propina a uma autoridade da Força Aérea da República Dominicana. O suborno garantiria a venda de oito aviões Super Tucano.

- Em delação premiada, um gerente de Defesa da Embraer afirmou ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro que a cúpula da empresa autorizou o suborno no valor de US$ 3,5 milhões.

- A legislação norte-americana pune empresas com negócios nos EUA (como a Embraer) que praticam corrupção no exterior.

- Para se precaver da multa que pode ser aplicada pelo governo americano, a Embraer reservou US$ 200 milhões, conforme publicado em balanço. Este é o mesmo valor que a Embraer quer economizar com o PDV.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®