Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 951 | De 08 a 13 de Junho de 2011

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Enriquecimento suspeito

Acuado, Palocci finalmente pede demissão

A crise envolvendo o ministro-chefe da Casa Civil do governo Dilma e ex-ministro do governo Lula, Antonio Palocci (PT), chegou nesta terça, dia 7, ao seu ápice, culminando com o anúncio da demissão de Palocci no final do dia. A saída ocorre sem que ele ou o governo tenham dado alguma explicação convincente sobre como o ex-ministro conseguiu aumentar seu patrimônio em 20 vezes (R$ 6,6 milhões) em apenas quatro anos.

Uma entrevista concedida ao Jornal Nacional, na semana passada, para dar explicações sobre o caso, na prática, não explicou nada. Palocci não disse quais as empresas que pagaram por seus serviços de consultoria, nem que tipo de serviço ou quais valores foram pagos.

Crise
Mesmo com muitas perguntas sem resposta e com a suspeita pairando no ar de enriquecimento ilícito e tráfico de influência (fornecimento de dados sigilosos do governo a empresas), esta semana, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, arquivou os pedidos de investigação feitos por partidos da oposição. Alegou que “não havia indício de crime”. O episódio, ao invés de ajudar Palocci, evidenciou que ele não tinha respaldo político suficiente para se manter no governo.

Os próprios senadores do PT se recusaram a assinar uma nota de apoio a Palocci, e a CPI proposta pela oposição para investigá-lo estava a apenas três assinaturas para que fosse instaurada.

A demissão de Palocci tenta dar uma saída estratégica num momento de crise. Visa liberá-lo de dar mais explicações, o tira da mira de uma CPI e, por fim, tenta preservar o governo. Mas, o enriquecimento continua sem resposta e traz à tona o mar de corrupção e o tráfico de influência que impera no Congresso e no governo.

Menos de uma hora após o anúncio da saída de Palocci, o Palácio do Planalto confirmou o nome da senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) como a nova ministra da Casa Civil.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®