Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1125 | De 22 a 28 de Julho de 2015

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá - Rua Maurício Diamante, 65, São José dos Campos - CEP 12.209-570. Telefone (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br. Responsabilidade: Diretoria do Sindicato. Edição: Shirley Rodrigues. Redação: Douglas Dias, Lucas Marthins, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração eletrônica: Bruno César Galvão. Ilustração: Bruno César Galvao. Fotolito e Impressão: Jornal Diário da Região Ltda. CNPJ: 07.351.093/0001-48 - Fone: (12) 3966-1212.

Operação Lava Jato

Eduardo Cunha cria ‘jogo de cena’ para esconder denúncia de propina

Na última semana, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), frequentou os principais noticiários do país.

Segundo delação do lobista Júlio Camargo, o parlamentar teria recebido 5 milhões de dólares em propinas no esquema de corrupção na Petrobras, investigado pela Operação Lava Jato.

Acuado, Cunha anunciou seu rompimento com o governo Dilma. Foi ao mesmo tempo uma retaliação por ser investigado e uma manobra para desviar a atenção da denúncia.

Na prática, tratava-se apenas de um “jogo de cena”, pois mesmo após o rompimento, Cunha declarou que não vai “atuar contra o governo”.

O parlamentar é um importante aliado do PT desde a eleição de Lula. Ele não só é favorável às posições do governo, como acelera a aprovação de projetos de seu interesse. Foi o caso do ajuste fiscal, que ataca os direitos dos trabalhadores.

O histórico de Cunha aponta ainda participação no esquema de corrupção de PC Farias (tesoureiro de Collor), fraude em licitações na Companhia Estadual de Habitação do Rio de Janeiro, denúncias de superfaturamento na Telerj, envolvimento no mensalão e uma lista de acusações de causar inveja em outros corruptos.

“É preciso uma investigação independente que responsabilize corruptos e corruptores. Cunha não pode continuar livre e à frente da Câmara”, afirma o diretor do Sindicato José Eduardo Gabriel, o Bob.


Lula será investigado

O Ministério Público Federal investigará o ex-presidente Lula (PT) por favorecimento à construtora Odebrecht. Segundo a investigação, Lula teria obtido “vantagens econômicas” para conseguir contratos para a empreiteira no exterior. A empresa foi uma das principais doadoras de campanha do ex-presidente.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®