Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1098 | De 18 a 24 de Novembro de 2014

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: Jornal Diário da Região Ltda - CNPJ 07.351.093/0001-48 - Fone (12) 3966-1212

Agora é luta!

CSP-Conlutas se mobiliza contra reformas do governo

A CSP-Conlutas Vale do Paraíba deu início a uma campanha contra as reformas do governo que atingem inicialmente as leis trabalhistas e a Previdência Social. Essas alterações reduzem direitos, por exemplo, nas condições de trabalho e nas carências dos benefícios previdenciários.

As primeiras iniciativas da campanha foram discutidas em um seminário que aconteceu na quinta-feira, dia 13, na sede do Sindicato. No evento, foi proposta a criação de um Fórum Nacional de Lutas, para denunciar e resistir às reformas.

Manobra do governo
Para tentar reduzir a resistência à retirada de direitos, o governo dividiu as reformas trabalhista e da Previdência em pequenas mudanças (veja quadro).

Um exemplo são as alterações na Norma Regulamentadora 1 (NR 1), sobre segurança e saúde no trabalho. Se forem aprovadas, essas mudanças atingem a saúde dos trabalhadores.

Outro ataque é a criação do Sistema Único de Trabalho (SUT), que entre outras coisas, causa a perda do caráter fiscalizador sobre as condições de trabalho. Além disso, coloca a responsabilidade da direção nas mãos de uma comissão tripartite, formada por governo, empresários e sindicatos.

Cada setor terá controle por dois anos sobre o SUT. Ou seja, num determinado período, os patrões poderão “fazer a festa” com nossos direitos. Não vamos permitir esse abuso!


Veja como ficam direitos após as reformas

Reformas já previstas
NR 1
Empregador pode flexibilizar ações de saúde e segurança de trabalho, inclusive, rebaixando o que existe na legislação atual.

SUT
Homologações deixam de ser realizadas nos Sindicatos. Os próprios patrões participarão do SUT.

Reformas possíveis
Auxílio-doença / Aposentadoria por invalidez
Atual - 12 meses de contribuição para receber o benefício
Previsto - 24 meses

Auxílio-acidente
Atual - Sem carência
Previsto - 12 meses
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®