Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 945 | De 13 a 19 de Abril de 2011

Expediente

Órgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Edição: Ana Cristina Silva - Redação: Douglas Dias, Eliane Mendonça, Rodrigo Correia e Shirley Rodrigues. Editoração Eletrônica: Bruno César Galvão Ilustração: Bruno César Galvao.

Campanha 2011

Com lucros dos patrões em alta, vamos fortalecer nossa luta por PLR maior

As empresas encheram seus cofres e agora terão de repartir o bolo com os trabalhadores, que estão sofrendo com inflação

Enquanto os trabalhadores têm sido atacados com inflação em alta e excesso no ritmo de produção, os patrões estão mergulhados em boas notícias, com vendas e lucros lá em cima.

Por isso, não vamos dar mole para as empresas nas negociações por PLR. A luta da categoria precisa ser forte até que as nossas reivindicações sejam atendidas.

Basta dar uma olhadinha rápida nos jornais pra ver que as empresas não têm motivos pra reclamar. Vamos a alguns exemplos:

- Entre 2009 e 2010, o faturamento das empresas cresceu 19,1%. Os lucros subiram, em média, 34,3%.

- Em fevereiro, as vendas de máquinas e equipamentos cresceram 11,1% em relação a janeiro.

- As vendas de veículos bateram recorde no 1º trimestre, com aumento de 4,7% em relação ao mesmo período de 2010.

Cadê o nosso?
Já para os trabalhadores, a história é bem diferente. Estamos sentindo na pele a volta da inflação, que somente este ano já acumula 6,3% (IPCA).

O preço da cesta básica subiu 17% em 2010. O feijão subiu 66%; a carne, 30%; o açúcar, 19%; e o frango, 16%. Já o salário mínimo subiu míseros 6%, ficando abaixo da inflação.

Com tantos absurdos, os trabalhadores vão arrancar sua parte nesta Campanha de PLR. E se os patrões endurecerem na mesa de negociação, vai ter mobilização!

“Nem adianta vir com aquela conversinha mole de que não tem dinheiro. Os trabalhadores estão dando duro e vão saber exigir seus direitos. Vamos lutar por valores superiores aos do ano passado e sem metas abusivas”, afirma o diretor do Sindicato Ademir Tavares da Paixão.


Acompanhe a situação nas fábricas

- Hitachi: trabalhadores reivindicam R$ 3.400. Próxima rodada de negociação será dia 26.

- Heatcraft: empresa se recusa a negociar com a Comissão de PLR. Por isso, dia 29 haverá mesa redonda na DRT. Há ainda pendências da PLR 2010, que foi para dissídio. Nova audiência está marcada para 20 de julho.

- Will Tech: trabalhadores reivindicam R$ 1.200.

- Suntech: trabalhadoras recusam proposta patronal de R$600. Queremos, no mínimo, R$ 1,2 mil.

- Graúna: primeira rodada de negociação será nesta sexta, dia 15.

Demais empresas, como a GM, já receberam a pauta de negociação.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®