Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1062 | De 04 a 10 de Fevereiro de 2014

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Ana Manuella Soares, Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Precarização do trabalho

Governo prepara ataque a direitos e flexibilização de trabalho temporário

A Copa do Mundo deve deixar uma herança nada positiva para os trabalhadores.

Já está sendo preparada uma medida provisória, a ser assinada pela presidente Dilma (PT), que reduz ainda mais os direitos dos trabalhadores temporários.

O governo quer permitir a contratação temporária sem registro em carteira em todos os setores da economia.

A princípio, a medida iria valer apenas para a Copa do Mundo, o que já era ruim. Mas a presidente planeja estender o seu alcance para qualquer situação.

Pela medida, os contratos temporários poderão ser de até 60 dias por ano. Trabalhadores poderão ser contratados pelas empresas, inclusive, como “diaristas”.

Hoje, os contratos temporários têm de ser obrigatoriamente registrados em carteira.

Para o advogado do Sindicato Aristeu Pinto Neto, a medida é claramente inconstitucional, já que fere a igualdade de direito entre os trabalhadores.

“Esta é mais uma luta que teremos de travar. Não vamos aceitar que o governo abra brechas para precarizar ainda mais os direitos dos trabalhadores. A Carteira de Trabalho é fundamental para qualquer trabalhador, inclusive para fins de aposentadoria. A presidente Dilma está mais uma vez agindo em benefício dos empresários”, afirma o vice-presidente do Sindicato Herbert Claros da Silva.


Medida é ataque
A medida provisória preparada pelo governo Dilma representa um grande ataque porque vai criar um exército de trabalhadores sem direitos, como o registro.

Além disso, a iniciativa pode ser a “porta de entrada” para outras investidas contra os direitos dos trabalhadores.
 

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®