Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região

Voltar para Página Inicial

Jornal do Metalúrgico

  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Imprimir
  • Enviar por e-mail

Versão em PDF

Edição 1047 | De 18 a 23 de Setembro de 2013

Expediente

Orgão informativo do Sindicato dos Metalúrgicos de S. J. Campos, Caçapava, Jacareí, Santa Branca e Igaratá • Rua Maurício Diamante, 65 - 12209-570- (12) 3946.5333 - Fax: 3922.4775 - site: www.sindmetalsjc.org.br - e-mail: comunicacao@sindmetalsjc.org.br - São José dos Campos - SP - Responsabilidade: Diretoria do Sindicato - Colaboração: Conselho Editorial - Edição: Rodrigo Correia - Redação: Douglas Dias, Manuela Moraes e Shirley Rodrigues. Editoração e Ilustração: Bruno Galvão - Fotolito e Impressão: UniSind Gráfica Ltda (11) 3271-1137

Ataque aos trabalhadores

Empresas espionam movimentos sociais

Reproduzindo práticas da ditadura militar, do governo federal e, recentemente, dos Estados Unidos, dois casos denunciam que as empresas também utilizam a espionagem contra os movimentos sociais no Brasil.

A denúncia atinge a mineradora Vale e o Consórcio Construtor Belo Monte (CCBM), que reúne várias construtoras, como Odebrecht, Camargo Corrêa e Serveng.

Em um dos casos, um agente infiltrado foi descoberto enquanto gravava, com uma caneta espiã, uma reunião do movimento Xingu Vivo, em fevereiro. O araponga confessou ter sido contratado pelo CCBM para vigiar as lideranças de movimentos contrários à construção da usina de Belo Monte.

No caso da Vale, a denúncia surgiu de um ex-agente, André Luis Costa de Almeida, que confirmou a prática de espionagem da empresa em relação aos movimentos sociais.

O antigo agente chegou a apresentar documentos que comprovam o pagamento de propina a agentes da Polícia Federal para ajudarem na espionagem. Até grampos ilegais foram feitos nas linhas telefônicas das lideranças de movimentos, como o Justiça nos Trilhos.

Para o vice-presidente do Sindicato, Herbert Claros da Silva, não é impossível que práticas como estas aconteçam bem mais perto do que muitos imaginam.

“O poder econômico se aproveita de todos os mecanismos, inclusive os mais condenáveis, para impor sua dominação. Não podemos tolerar essas práticas, semelhantes àquelas que observamos na atual crise da espionagem norte-americana”, afirma Herbert.

Busca por palavras

Busque o jornal por edição

Veja todas as edições



Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP | Telefone: (12) 3946.5333 | Fax: (12) 3922.4775.
© 2019 Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região - Todos os direitos reservados | Desenvolvimento Web: ClickNow®