8º Congresso

Em direito não se mexe!

As reformas que retiram direitos e a corrupção no governo Lula. Essas foram as duas principais discussões do 8º Congresso dos Metalúrgicos, realizado nos dias 5, 6 e 7 de agosto de 2005, no auditório da Colônia de Férias do Sindicato.

Além de aprofundar o debate sobre as intenções do governo com as reformas Sindical e Trabalhista (o que já havia sido feito no 7º Congresso), este encontro abordou a corrupção que tomou conta do governo Lula, com Mensalão, envolvimento de grandes figuras do Planalto e até o episódio em que foram encontrados doláres na cueca de um assessor político.

"Com o 8º Congresso, fortalecemos a luta contra as reformas de Lula, e sepultamos a idéia de que o governo petista mantinha a ética. Caiu a máscara e apareceu a podridão", definiu o então presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Luiz Carlos Prates, o Mancha.

Foram lançados dois vídeos: "As doenças do trabalho sob a ótica de suas vítimas" e "A corrupção no governo Lula".

Este foi um dos maiores congressos já realizados. Participaram 220 delegados, de 66 fábricas da base, como GM, LG.Philips, Embraer, Bundy, Sade-Fem, Graúna, Aeroserv, entre outras.

Whatsapp

Digite seu número de celular e receba nossas novidades:

Desculpe, problemas ao enviar.

Obrigado pelo seu interesse.

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333