3º Congresso

Não às câmaras setoriais!

"Fora o Congresso Nacional corrupto, eleições gerais e que Lula governe!" Foi neste clima que se deu o 3º Congresso dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, que reuniu 137 delegados de 38 fábricas na Colônia de Férias do Sindicato, em 1993.

Foi aprovado um manifesto para ser enviado a sindicatos e entidades populares afirmando que Lula deveria governar apoiado nas organizações populares, com um plano econômico voltado para os trabalhadores.

Entre as principais resoluções do Congresso estava um categórico "não" às Câmaras Setoriais, que vinham sendo aplicadas na época entre governo, empresários e alguns sindicatos. Para os presentes, as Câmaras Setoriais secundarizavam a mobilização em troca da negociação permanente com patrões e empregados. "O resultado tem beneficiado apenas os patrões com a redução de impostos. Enquanto isso, os trabalhadores veem diminuir seus postos de trabalho e os salários continuam baixíssimos para aumentar ainda mais a lucratividade dos patrões", disse o diretor do Sindicato à época e delegado do Congresso Ivan Trevisan.

O Congresso aprovou entre suas prioridades a ampliação da campanha contra a privatização da Embraer, buscando envolver os metalúrgicos e a comunidade. Os delegados se posicionaram contra qualquer proposta de privatização mista ou distribuição de porcentagens de ações entre parceiros.

Além dessas campanhas gerais, manteve-se como nos congressos anteriores, os debates sobre as questões específicas da categoria metalúrgica.

Whatsapp

Digite seu número de celular e receba nossas novidades:

Desculpe, problemas ao enviar.

Obrigado pelo seu interesse.

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, Jacareí, Caçapava, Santa Branca e Igaratá
Sede: Rua Coronel Moraes, 143, Jardim Matarazzo, São José dos Campos - SP
Telefone: (12) 3946-5333